Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviços, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.

Início | Categorias | Guardadas | Quem Somos

Comentários

Próxima Notícia Notícia Anterior

Economia Local

FIRMINO COSTA


Membro do PPD/PSD


No momento em que, aos poucos, se tenta voltar a uma aparente normalidade, a nossa economia precisa de se adaptar à nova realidade, sendo necessário criar medidas e apoios que possibilitem revitalizar a mesma. Sabemos que nunca será como antes, mas sabemos também que, devemos agarrar este momento como forma de adaptarmos os nossos hábitos a este novo ciclo, tentando criar novas oportunidades neste momento difícil para todos nós. Sabíamos de ante mão que, após semanas de pausa forçada em diversos sectores económicos, o regresso seria difícil e penoso. Agora, neste novo arranque, a Economia Local é fundamental, precisa de ser ajudada pelo estado e por nós. Enquanto agentes económicos, temos a possibilidade de contribuir para a mesma, assumindo o nosso papel no circuito económico. Se as famílias obtiverem rendimentos da sua atividade produtiva, vão conseguir aplicar estes rendimentos em consumo de bens e serviços, o que fará a nossa economia circular.

Assim, nas nossas novas rotinas, deveremos procurar apoiar e comprar no comércio local. Se o fizermos, estamos a dar o nosso contributo para que os pequenos produtores e as micro empresas dos nossos concelhos consigam sobreviver. É fundamental, para o bem da economia, apoiar o comércio local e garantir que existe liquidez nas empresas para se conseguir enfrentar a atual situação. Temos de estar do lado das empresas e dos empresários para que se consiga diminuir o impacto negativo desta pandemia.

Sabemos que, as microeconomias locais são permeáveis e instáveis, notando em momentos como este, as maiores fragilidades no espaço económico. Como estamos dependentes de fatores externos aliados à deslocalização da riqueza, a nossa economia fica dependente e sem garantias, o que leva a uma instabilidade económico-social dos meios mais pequenos. Neste sentido, precisamos de criar instrumentos e formas de combater a degradação dos nossos mercados, procurando fortalecer os mesmos com políticas sérias e credíveis. Este é o momento do estado assumir também o seu papel.

Todos somos necessários nesta fase difícil, todos temos de ser conscientes das dificuldades que poderemos passar, por isso, este é o momento de assumirmos a nossa parte da responsabilidade, tal como assumimos ao longo destes meses no combate ao vírus. O vírus não está vencido, nem estará, mas a nossa vida terá de continuar e teremos de nos adaptar à convivência com o mesmo. É importante criar um clima de confiança à volta do comércio e das empresas, sendo certo que as medidas de segurança e distanciamento terão de continuar a ser cumpridas pelo bem de todos, mas precisamos de devolver a dinâmica do nosso dia-a-dia.

 

Firmino Vila Verde Costa

Militante Partido Social Democrata





Partilhe

Partilhe esta notícia com os seus amigos!

Comente

0
Deixa AQUI a sua opinião como outros deixaram.

Mais Notícias

Não existem atualmente notícias da mesma categoria
O comentário foi denunciado com sucesso
denunciou este comentário anteriormente